PROFFORMA

REVISTA ONLINE DO CENTRO DE FORMAÇÃO
DE PROFESSORES DO NORDESTE ALENTEJANO

 

 

 

 

 

N.25

www.cefopna.edu.pt/revista
...

 

Este tem de ser o Tempo da verdadeira inclusão, a era de novas metodologias, novas práticas, inovadores processos de aprendizagem. A escola sai da escola. Entra na família, na não família, é companhia dos que estão sozinhos, é acompanhada por quem tem apoio familiar. É o desafio da efetiva equidade social, da diferenciação de processos de aprendizagem, de práticas colaborativas, de processos de autonomização.  As rotinas conhecidas são postas em causa, a sala de aula tem de transcender o ecrã, conferindo à aprendizagem real significado.

In EDITORIAL PROFFORMA, nº 25, Luísa Moreira

 

 

Entrevista

“Foi, no contexto português, dos sistemas sociais que mais evoluiu nas últimas décadas. Não nos foquemos apenas no ponto onde nos encontramos, mas também no ponto onde estávamos há 50-60 anos atrás. Recordemos que em Portugal a taxa de escolarização aos 15 anos passou de 13,0% em 1960/61 para 99,9% atualmente. O que já se alcançou num tempo tão curto é na verdade notável e deixa-nos a garantia que seremos capazes de continuar a fazer progressos significativos no nosso sistema educativo.” Um pequeno excerto do que pode ler na entrevista deste número da PROFFORMA. A lucidez, o conhecimento, a experiência do Coordenador da Estrutura de Missão do PNPSE, Professor Doutor José Verdasca, em discurso direto, a falar com a PROFFORMA.

Educar Sempre

Nesta rubrica trazemos 6 perspetivas sobre o atual momento e contexto da Educação e da vida nas escolas:

Os elementos da Estrutura de Missão do PNPSE partilham connosco o que foram e os efeitos que estão a ter os projetos apresentado pelas escolas no Alentejo no âmbito dos Planos de Desenvolvimento Pessoal, Social e Comunitário;

Olga Morouço, Representante dos Diretores de CFAE da Região Centro e membro da Equipa Nacional do Projeto MAIA dá-nos uma perspetiva do que tem vindo a ser o desenvolvimento deste projeto junto das escolas aderentes;

Faria de Vasconcelos, um nome que não é tão conhecido como a obra a obra que nos legou nos deixaria supor – um pedagogo (português) no mundo – que nos é recordado, na vida e na obra, por  Mário Freire, Professor coordenador aposentado do Instituto Politécnico de Portalegre;

João Carlos Sousa, Representante dos Diretores de CFAE da Região Norte, faz-nos o ponto da situação dos CFAE no momento que vivemos: os constrangimentos, a avaliação externa, os financiamentos, o Plano Digital da Educação. 30 anos de atividade incessante e estruturante dos CFAE;

Custódio Lagartixa reflecte sobre… o que é viver a escola em tempos de pandemia. Como ele próprio afirma “Num tempo particularmente exigente, o esforço de adaptação e de resistência de professores, alunos, funcionários e o envolvimento das comunidades escolares tem sido a melhor resposta a esta crise que se afirma como um dos grandes desafios da nossa atual vida coletiva.”;

Fátima Galhanas, Luís Alves, Rute Parente e Vanessa Algarvio, Professores do Agrupamento de Escolas de Campo Maior, falam-nos dos Projetos que nos movem – afinal, é esse o nosso maior propósito: mover as escolas, e eles dizem-nos como o estão a fazer em Campo Maior!

A COVID-19 veio trazer preocupações com a saúde, higiene e segurança nas escolas. Este é o mote para o José Janela nos falar de Educação Ambiental em tempos de pandemia, porque não são apenas os professores de determinadas áreas disciplinares que estão implicados na Educação Ambiental.

Crónicas de Aprender

Narrativas de vivências de outros tempo, Paradoxos de aprendizagens (Luísa Moreira) ou Interpretações (Domingos Fernandes), “imagem e letras, numa simbiose simultaneamente perturbadora e tranquila, que nos faz sentir, compreender, que tem de haver muitos sentidos para além do óbvio…

 

E ainda o imperdível CARTOON! Do Quim Ferreira

 

 

 

Publicação Trimestral do CEFOPNA
Centro de Formação de Professores do Nordeste Alentejano
Fevereiro de 2021